Cidade de São PauloAcesso à InformaçãoPortal da Transparência
Prefeitura de São Paulo abre chamamento público para estudos sobre a implantação e operação de loterias e apostas
Prefeitura de São Paulo abre chamamento público para estudos sobre a implantação e operação de loterias e apostas
O credenciamento para realização de estudos poderá ser feito até 3 de maio de 2024

A Prefeitura de São Paulo publicou nesta terça-feira, 2 de abril, o Edital para iniciar o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) voltado à participação da iniciativa privada na elaboração de estudos de viabilidade e diagnóstico de cenários para a concepção de parceria para a implantação e operação de loterias e apostas no município.

Espera-se, com o chamamento, ampliar os canais de financiamento auxiliar de políticas públicas, bem como a regulamentação e fiscalização de atividades lotéricas exercidas no âmbito local para a proteção dos apostadores. Como benefício à cidade, a ideia é que os recursos arrecadados pela Administração sejam destinados a investimentos e ao custeio de políticas públicas e ações de interesse da sociedade.

A decisão da Municipalidade surge após o Supremo Tribunal Federal (STF) firmar a tese de que os demais entes federativos, além da União, têm competência para instituir e explorar o serviço público lotérico, desde que respeitem os parâmetros estabelecidos em normas gerais editadas pela União no exercício da competência legislativa.

Historicamente, a arrecadação advinda de loterias autorizadas representa importante linha auxiliar de financiamento de políticas públicas a nível federal. Segundo dados da Caixa Econômica Federal, em 2020 foram batidos recordes históricos na arrecadação com apostas em loterias, atingindo R$ 17 bilhões só naquele ano. Contudo, admite-se que a arrecadação das loterias no país ainda está distante do seu potencial.

Assim, diversos entes federados optaram pela realização de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) a fim de obter subsídios qualificados da iniciativa privada antes de estruturar projetos de parceria para operacionalizar loterias locais.

Nesse contexto, o objetivo deste PMI é receber conteúdos que incluam diagnóstico e projeções de mercado e demanda, além de fornecer subsídios para as modelagens operacional, econômico-financeira e jurídico-regulatória.

Importante ressaltar que os estudos apresentados devem atender as especificidades do Município de São Paulo e trazer contribuições considerando obrigatoriamente dois cenários: a exploração dos serviços lotéricos com exclusividade na prestação dos serviços por uma pessoa jurídica ou física; a exploração dos serviços lotéricos sem exclusividade na prestação dos serviços com a prestação concomitante de mais de uma pessoa física ou jurídica.

Além disso, os estudos devem considerar somente as modalidades lotéricas presentes na Lei Federal nº 13.756/2018, que são:  

  • Loteria de números;  
  • Loteria instantânea;  
  • Loteria convencional;  
  • Loteria de prognóstico específico;  
  • Loteria de prognósticos esportivos;
  • Apostas de quotas fixas.

Podem participar do presente PMI pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou

estrangeiras, que atendam aos requisitos de participação previstos no edital.

Os interessados têm até 3 de maio para se credenciar e as solicitações de esclarecimento podem ser feitas até 30 de abril pelo e-mail pmiprojetos@prefeitura.sp.gov.br

Após a fase de credenciamento, os estudos deverão ser entregues no prazo de 60 dias corridos contados da data de publicação da autorização no Diário Oficial da Cidade de São Paulo.

Mais Notícias

Prefeitura de São Paulo abre 2º Chamamento Público destinado a requalificar imóveis no Centro

Prefeitura de São Paulo republica edital de PPP para a reforma e implantação de infraestrutura em 90 escolas na DRE São Mateus

© 2024 São Paulo Parcerias - Rua Libero Badaró, 293 - 25° andar - Centro - São Paulo, SP